Retrospectiva Dharmalog 2011: os 10 melhores posts do ano, do amor a viver melhor, de Buda a Steve Jobs

Para comemorar o grande ano que os leitores, colaboradores e compartilhadores deram ao Dharmalog em 2011 e o fato de parece que somos cada vez mais pessoas genuinamente interessadas em conhecer a nós mesmos e a vida ao nosso redor, abaixo estão os 10 posts mais populares do ano deste blog – segundo a visitação (leitura) e compartilhamentos (principalmente no Facebook) de cada página. Na sequência, foram selecionados mais 10 posts extras que também tiveram relevante visitação e engajamento, menções honrosas por sua significância ou pelo valor que continuam tendo neste momento.

Em meu nome e em nome das pessoas que colaboraram direta ou indiretamente com o Dharmalog neste ano, gostaria de agradecer imensamente à leitura, aos comentários, às colaborações, aos “likes” e aos compartilhamentos que recebemos durante o ano pelos mais de 300 posts publicados. Isso fez mensagens que consideramos valiosas de auto-conhecimento, de inspiração e de reflexão chegarem a cada vez mais pessoas, contribuindo para cada vez mais vidas, mais momentos e mais caminhos — ainda que sejam pequenos conteúdos lidos e compartilhados durante a semana, durante o trabalho, numa rede social ou por email.

Mais do que isso, e muito além disso, tudo que é feito aqui é apenas comunicação, transmissão, diálogo e discussão sobre grandes ensinamentos, descobertas e conhecimentos que contribuem para nosso auto-conhecimento e nossas reflexões sobre a vida de cientistas da era contemporânea a sábios visionários que viveram há milênios. Como disse uma vez o físico e filósofo Isaac Newton (1643-1727), “se eu consigo ver mais longe é porque estou sobre os ombros de gigantes“.

“Platão é meu amigo, Aristóteles é meu amigo, mas minha melhor amiga é a Verdade”
~ Isaac Newton

Obrigado por 2011 e boa leitura!

OS 10 MAIS POPULARES, LIDOS E COMPARTILHADOS

1) Desculpe ser tão dramático: 5 das melhores frases de Steve Jobs sobre a Vida e a Morte – 780 curtiram

2) Somos muitíssimo mais do que dizem que somos”, Eduardo Galeano (VÍDEO) – 1.246 curtiram

3) A especial Lua Cheia de maio para budistas e yogues – 1.260 curtiram

4) Os 5 principais arrependimentos que as pessoas revelam nos seus últimos dias, conta enfermeira – 768 curtiram

5) Por um viver mais inteiro: “o que a gente não pode fazer mais ou menos”, de Chico Xavier – 638 curtiram

6) “Por que você não muda? O que te impede?”: o auto-questionamento franco de Krishnamurti (VÍDEO) – 438 curtiram

7) “Sentir-se amado”: Martha Medeiros e a demonstração de amor (numa relação) – 536 curtiram

8) “Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é Natal”: o tempo de Mário Quintana – 903 curtiram

9) 18 sugestões para o viver, consigo mesmo, com os outros e com o mundo (VÍDEO) – 386 curtiram

10) 5 dicas para conseguir acordar mais cedo, naturalmente (sem despertador) – 251 curtiram

//////////

10 POSTS EXTRAS (PORQUE VALEM A PENA)

» Os três estágios da meditação: foco, concentração e transcendência, por Swami Vivekananda – 713 curtiram

» O primeiro trabalho é querer despertar, sem ser controlado por “seus” medos – Robert Happé (VÍDEO) – 636 curtiram

» “Se quer saber, nunca é tarde demais pra ser quem você quiser ser”: a bela carta de Benjamin Button (CLIPE) – 406 curtiram

» Dalai Lama e a energia cega da raiva: “destrói sua paz e sua capacidade de ver a realidade” (VÍDEO) – 398 curtiram

» “Enquanto eu inventar Deus, ele não existe”: Clarice Lispector e o sentimento de que nunca tinha ouvido falar [CONTO] – 333 curtiram

» “A você que está reclamando todo o tempo de não ter nenhum tempo”, mestre Zen Sawaki Kôdô Rôshi – 318 curtiram

» “Não é necessário remover nada”: entendendo o dualismo com Thich Nhat Hanh – 235 curtiram

» “É normal não encontrar sentido na vida quando se está muito condicionado pelo mundo”, Claudio Naranjo – 366 curtiram

» “O que somos, dizemos, pensamos, queremos, sentimos, fazemos”, por Jackson Kiddard – 208 curtiram

» Pra contemplar [15]: o azul mais-que-perfeito da paradisíaca Ilhas Fiji, com o surfista Taj Burrow (VÍDEO HD) – 369 curtiram

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

3 Comentários

  • Grata pela seleção. Valeu o trabalho!
    O Dharmalog, encontrado por “acaso” ao fazer uma pesquisa, tornou-se fonte diversificada de preciosos conhecimentos e orientações. Mérito, também, devido às introduções do Nando. Boa Sorte a todos!
    Como os pensamentos retratados são, em sua maioria, de “desbravadores”, gostaria de retribuir o tanto que recebi do Blog com o vídeo abaixo, pois é um trabalho primoroso (em papel). Um pequeno grande vídeo que retrata muito bem a “maldição” de quem é precursor. Eu fiquei encanta com tanta delicadeza e sensibilidade, num espaço de tempo tão curto.(trabalhando em seus sonhos e nos dos outros, que são os mesmos – Oi!???)
    Norma

    Les Trois Inventeurs (1980) by Michel Ocelot

    http://youtu.be/ssSbwFI68rI

    A história é mais ou menos assim:

    Os três inventores

    Era uma vez um grande inventor, uma grande inventora e uma pequena inventora.

    Eles viviam todos juntos em uma casa grande que haviam construído eles mesmos e pouco a pouco a tinham ampliado e melhorado. Assim, passavam o dia inteiro: inventando, trabalhando em seus sonhos e nos dos outros, que são os mesmos.

    Mas as pessoas não entendiam as suas criações. E alguma autoridade disse que os inventores perturbavam a ordem pública.

    Outra autoridade declarou que os inventores estavam trabalhando contra o povo.

    E uma outra também garantiu que os inventores por se divertirem transgrediam a “lei do Senhor (Deus)”

    Um dia, o grande inventor, a grande inventora e a pequena inventora decidiram mostrar aos aldeões uma nova criação que permitiu mover-se sem ficar cansado.

    Porém, um homem os deteve com uma ordem de que se não parassem de criar coisas inúteis seriam levados a um hospício.

    “Devem desaparecer”!, “São criminosos”, “Devem ser mortos!”

    A ordem pública será restaurada a qualquer custo.

    Faça-se a vontade de Deus!

    As pessoas sempre decidem.

  • É pouco diante do tanto que assimilo aqui. Vc faz um excelente trabalho: demonstra segurança nas infos que passa e prima pela polidez no trato com os comentários, sejam de que natureza forem. Preenche lacunas e ata pontas soltas com o Dharmalog, além do design do blog ser visualmente atraente (pouco poluído). Então, é um prazer!
    Bom 2012 a todos. E que o próximo ano, nessa mesma época, nos encontre aqui, assim: sem nada a pedir e com tudo por agradecer. Boa Sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *