Adyashanti e a conversa que vem sendo adiada e evitada: “Quero falar com você sobre Amor”

adyashanti amorFoi o autor e mestre espiritual Adyashanti quem disse numa entrevista que nós “falamos de amor e de sermos todos um, mas continuamos produzindo medo“, traduzido aqui num post de 3 anos atrás. E é ele que escreve agora esse poema sobre o Amor, sobre a conversa que quer ter conosco — comigo, contigo — sobre o Amor. Sobre como o negamos, como nos escondemos dele, nos desviamos desse “abraço silencioso”, como ele define. O poema abaixo foi compartilhado originalmente em uma das páginas não-oficiais dele no Facebook, sob o título “I Will Not Whisper“.

Depois de ler o poema, uma pergunta que pode aparecer é: “porque“? Porque se esconder do amor? Porque evitá-lo? O que nos impele a isso? Que escolha é essa afinal? Qual o objetivo?

O conhecido mestre e ex-psiquiatra Ram Dass disse certa vez, numa palestra, que “a mente tem medo que o coração entregue tudo“, e vale a pena dar uma olhada nesse vídeo, publicado aqui em 2011. O coração, segundo ele, é algo amplo, aberto e generoso, e a mente é a responsável por manter nossa identidade, nossa separatividade, e então cerceia e limita as atividades do coração. “Você pode se imaginar andando por aí com medo do próprio coração? É assim que somos”.

Segue o poema de Adyashanti.

NÃO VOU SUSSURRAR

 

Quero falar com você sobre Amor
sobre como você nega
sua mais tenra entrada
sobre quanto você realmente teme
o abraço silencioso do Amor.

 

Quero falar com você
sobre como você não
se permite ver,
sobre a beleza interior
à qual você vira o rosto.

 

Sim, eu quero falar com você.
Você que de alguma maneira
encontrou um jeito de esconder-se
dentro de uma folha de escuridão
colocada sobre a luz pura do Ser.

 

Quero falar com você
Não vou sussurrar.

 

Você pode viver naquela camada de escuridão pra sempre
e se contar mentiras.
Pode culpar a si mesmo.
Pode culpar os outros.
Pode culpar Deus e o além.
E ainda assim o amor irá esperar
até que você possa parar
de se contar a mentira da negação.

 

E nesse exato momento
você verá
o quão silencioso o abraço do Amor pode ser.
E nesse silêncio
a verdade irá tocar de maneira clara.
O Amor exige tudo:
todas as suas ilusões, desculpas e medos.

 

Quero falar com você sobre Amor.
Quero falar com você sobre
o que você não permitirá
a si mesmo ser.

 

Quero falar com você
Não vou sussurrar.

 

— Adyashanti

//////////

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog, terapeuta na Hridaya Terapia (São Paulo) e proprietário do Dharma Office.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *