Como é o caminho do auto-conhecimento (1), por Sathya Sai Baba

Abaixo, uma declaração sobre a jornada interior, ou o caminho do auto-conhecimento. Foi a primeira vez que vi a expressão “túmulos e úteros” e me pareceu fazer bastante sentido. A reflexão é mais uma pequena homenagem deste blog à mensagem deste grande mestre que encerrou sua visita a nós na semana passada.

“Lembrem-se de que a cada passo vocês estão se aproximando de Deus, e Deus também. Quando vocês dão um passo em direção a Ele, Ele dá dez em direção a vocês. Não há ponto de parada nesta peregrinação; é uma jornada contínua, através do dia e da noite, através do vale e do deserto, através de túmulos e úteros. Quando o caminho termina e o Objetivo é alcançado, o peregrino percebe que ele viajou apenas de dentro dele mesmo para dentro dele mesmo, que o caminho foi longo e solitário, mas o Deus que o conduziu até lá estava todo o tempo nele, ao redor dele, com ele e ao lado dele!”
~ Sri Sathya Sai Baba

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *