Ver um corpo indo para o funeral é auspicioso na Índia, diz um site: “saiba porque”

india-tradition-speakingtree

O título da matéria no site indiano era “Ver um corpo morto sendo levado para seu funeral é verdadeiramente auspicioso, saiba porque!” (Seeing a dead body heading for its funeral is actually Auspicious, know why!). Como muitos sabem, na Índia é comum que ao morrer o corpo seja levado para a cremação, e em cidades como Varanasi é bastante tradicional, e desejável até, ser cremado à beira do Rio Ganges, com o fogo de Shiva. Os únicos que não são cremados, de acordo com a tradição, são crianças e santos.

Mas que auspiciosidade poderia haver quando se vê um corpo sendo levado ao funeral?

Eu mesmo pude ver vários corpos sendo levados para o fogo em Varanasi, numa viagem que fiz no início desse ano à Índia, e o impacto para um Ocidental é grande, e também um tanto óbvio: ver uma pessoa morta dessa maneira, envolta em panos coloridos, sendo carregada no meio da cidade com vigor e recebendo mantras sagrados, que se ouvem de longe, sem tristeza e depressão, transmite uma realidade bem diferente da morte. Numa das vezes eu estava comendo em um pequeno restaurante quando atravessaram três corpos com essa mesmo ritual, em momentos diferentes, a menos de dois metros de distância. E é uma devoção contagiante, que mesmo que envolve algum tipo de crença, lida com uma morte mais real, mais integrante da experiência humana, menos trágica e mais devocional. E isso soa para minha experiência como “mais compreendida e aceita”. No ritual indiano, o corpo leva apenas algumas poucas horas para ser cremado totalmente, as cinzas vão para o rio (Ganges), e então não há mais nada. A vida segue.

Nesse caso, para mim, foi realmente auspicioso.

O site citado, Speaking Tree (speakingtree.in, parte de um dos maiores conglomerados digitais da Índia), informa que a astrologia tem o motivo que justifica a auspiciosidade. “De acordo com a astrologia, dá sorte e é auspicioso ver uma procissão funeral no seu caminho. É um bom sinal pro futuro. Indica que todo os seus desejos e trabalhos pendentes serão conquistados assim como a destruição do mal e da tristeza na sua vida“.

Talvez a destruição do mal e da tristeza seja fruto da percepção da morte como uma experiência real e inevitável, impulsionando uma visão mais grata e também mais real da vida.

Talvez ter todos os desejos e trabalhos pendentes conquistados, ou concluídos, seja pela transcendência deles, e não pela sua obtenção física. Ou talvez os desejos dos quais a tradição fala sejam os desejos da alma, de justamente transcender o desejo mais material de conquistar ou obter.

Talvez seja auspicioso ver a “procissão” no seu próprio caminho porque, em alguma dimensão, isso significa que você estava pronto pra de fato perceber a morte desse jeito no seu caminho.

//////////

Assuntos desse conteúdo
,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *