“Para a maioria das pessoas, o professor espiritual é o sofrimento”: Eckhart Tolle

eckhart-tolle-tv-sofrimento

Uma frase de Eckhart Tolle (“O Poder do Agora”, “Um Novo Mundo”):

“Para a maioria das pessoas, o professor espiritual é o sofrimento. Porque eventualmente o sofrimento traz o despertar.”

Quantos momentos, dias, semanas, meses, anos, décadas, crises, decisões, atitudes, reencarnações (se existem) estão baseadas nessa frase? Operando sob a instrução desse professor espiritual chamado sofrimento?

Eckhart diz em outro momento que “o sofrimento é um professor fantástico“. E que ele só termina quando a pessoa se satura dele: “o sofrimento lhe aprofunda. Gradualmente vai enfraquecendo o senso mental de eu, de ego. Quando a pessoa sente que ‘já sofreu o suficiente‘, então ela está preparada para uma nova maneira de viver”.

Eu perguntei a alguns professores e mestres, “porque tanto sofrimento“? Um deles me disse que era para agradecer, porque ele indicava o caminho. Eckhart diz que depois que você percebe tanto sofrimento em si mesmo, em algum nível você reconhece que a maioria desse sofrimento é causado por você mesmo, criado “a partir da sua resistência ao que existe“.

Abaixo, um vídeo com uma rara entrevista que Eckhart concedeu sobre esse assunto — e onde ele fala sobre o sofrimento nas frases usadas acima. O vídeo tem 12 minutos e o trecho onde ele trata do sofrimento é a partir do 8º minuto. As legendas podem ser ativadas no ícone CC (Closed Captions) e a tradução automática para o português pode ser acionada através do ícone de Configurações, do lado direito do anterior.

https://www.youtube.com/watch?v=Oc67wwAFu2o

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

3 Comentários

    • Oi Ieda,

      Aqui faço o seguinte e funciona:
      1) Clico em [CC] e ativo as legendas.
      2) Clico em seguida no ícone de ConfiguraçÕes, imediatamente do lado direito do [CC].
      3) Seleciono Subtitles.
      4) Seleciono Auto-Translate.
      5) Seleciono “Portuguese”.

      A tradução tem alguns problemas, mas dá pra entender boa parte do texto.

      Espero que consiga agora.
      Um abraço.

  • Boa noite, Nando. Mesmo problema que a Ieda. A opção aparece, mas está indisponível, não dá nem pra clicar. Uma pena, o Eckhart é sempre esclarecedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *