Mooji fala sobre relacionamentos: “Nós não nos completamos, isso é um erro. Nós nos complementamos”

A “necessidade de um parceiro” é o tema desta resposta do mestre Mooji (1945), dada a um homem que diz estar sofrendo por uma crença persistente de que, segundo ele, para “estar completamente seguro e preenchido, existe a necessidade de encontrar um amor, uma mulher, uma parceira“. Dada a quantidade de relacionamentos românticos, casamentos, divórcios e também a uma certa complexidade de tratar o tema no âmbito espiritual (celibato, casamento, união, tantra, liberdade, etc), a resposta de Mooji pode ser uma ajuda inestimável para tentarmos clarear essa crença e esse comportamento humano. O vídeo com a pergunta e resposta de Mooji segue traduzidos e legendados mais abaixo.

Com observação prévia ao vídeo e ao trecho transcrito abaixo, para talvez tornar o entendimento mais amplo possível, eu diria que a palavra “Deus” pode ser intercambiada com a palavra “Verdade“. E apesar da maioria de nós já saber disso, quando Mooji fala da “Verdade“, como objetivo humano, não está falando de religião, dogma ou abordagem filosófica, e sim da descoberta íntima e pessoal de si mesmo nessa existência — a verdade que é o contrário da ignorância. Assim, os relacionamentos poderiam estar em busca de algo maior do que preenchimento mútuo (que é “um erro”, segundo ele), e sim dessa busca da verdade.

Um trecho do vídeo:

“É verdade, talvez seja o vasana* da humanidade. A necessidade de estar com alguém. Costuma-se dizer que o homem foi feita para a mulher, e a mulher foi feita para o homem. Eu digo: não, a mulher foi feita para Deus, e o homem foi feito para Deus. Não se completam um ao outro, isso é um erro. Não nos completamos um ao outro. Nós nos complementamos, mas não completamos. Você vê? Seu relacionamento de amor complementa. Não preenche, não é para isso que estamos aqui. Podes pensar assim, e podes viver toda tua vida nisso. Mas, assim que descobres a verdade, então sinto que podes ser um parceiro muito bom. Porque sua parceira será tua guru, e tu serás o guru dela. Porque estão os dois focados dentro, no mesmo, no amor pela verdade. Não afastados. De outra forma, parece que muitos relacionamentos são um obstáculo, por estarem tão enredados em realidade. A maioria dos relacionamentos promovem a dualidade. Poucos intensificam a procura pela verdade, de alguma forma. Pode ser um amigo, um relacionamento, sua conexão, sua relação como amigo, como parceiro, potencializa sua busca pela verdade. Embeleza-a! Mas não é muito comum. Mas, ao mesmo tempo, todos os relacionamentos podem fazer uso disso para encontrar a verdade também. Porque um relacionamento romântico é aquele que pode te levar à situações que outro tipo de relacionamento não consegue. Compreendes? Coloca-te em situações que nenhum outro relacionamento consegue. E te permite dizer: ‘a-ha! Até aqui consigo ver’. (…) Portanto, todos os relacionamentos podem ser úteis. Tudo pode ser útil. Na verdade, à medida que vais mais à fundo na verdade, verás que tudo te reflete.”
Mooji, em “The Need For A Partner” (2013)

Agradecimentos a Mooji e à equipe do seu canal oficial no YouTube, e também à Margarida Maria Antunes, que traduziu e disponibilizou a versão legendada.

Segue o vídeo legendado em português (9min45seg):

(*) Vasana é uma palavra sânscrita usada para se referir à tendência psíquicas de comportamento ou traços kármicos. Há várias traduções, como “tendência latente”, “impulso”, “tendências subconscientes do caráter”, ou, como Swami Sivananda define, “uma forma sutil de desejo”.

//////////

Compartilhado por Alessandra Rocha.

Assuntos desse conteúdo
, , , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *