“Nunca vi uma pessoa meditar e dizer ‘hoje não deveria ter feito a meditação’: Pedro Tornaghi no Sem Censura [VÍDEO]

Você acha que uma pessoa que medita é mais feliz?“, pergunta a jornalista Leda Nagle ao terapeuta e professor de meditação Pedro Tornaghi. A entrevista aconteceu no programa Sem Censura de 24 de maio deste ano, e, apesar do tema oficialmente ser a longevidade, felizmente a conversa foi mais longe que a longevidade. Pedro e Leda falaram de saúde, de como meditar, dos benefícios da prática (obviamente), dos efeitos do cortisol e da regulação da melatonina no cérebro, das meditações da pineal, do Buda, do olhar sem julgar e de várias outras questões relacionadas à meditação. Em 21 minutos de programa (vídeo abaixo), Pedro respondeu a essas perguntas e deu sua visão a partir dos 38 anos de experiência no ramo sobre a importância desta prática para a vida cotidiana e para os objetivos mais nobres do ser humano.

E também respondeu à pergunta inicial: “Leda, eu morei em Mauá (RJ) e quando eu ia pra cachoeira, todo dia tinha umas pessoas de fora de Mauá, que ficavam naquela dúvida ‘se eu entro’ ou ‘não entro’ na cachoeira, porque é fria, e sempre mais ou menos metade entrava e metade não entrava. Eu nunca vi uma pessoa que tivesse entrado na cachoeira e tivesse dito ‘me arrependi’. Ela podia dizer que a água tava fria, que tô com frio agora, mas foi importante entrar. Eu com 38 anos de meditação, nunca vi uma pessoa fazer uma meditação num dia e dizer assim ‘hoje eu não deveria ter feito a meditação’. Ou seja, tem a ver com felicidade, de satisfação (…), de estar bem com a vida”.

Segue a entrevista na íntegra (21min03seg):

//////////

Foto: Sem Censura.

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

7 Comentários

  • Aviso ou não aviso? Bom, minha opinião pode ser boa para os leitores deste blog, então lá vai: considero o entrevistado um picareta. Cuidado a quem quiser fazer o curso dele, prepare-se para ser enrolado. Antes de ensinar alguma técnica, ele enrola os alunos por muitos meses só com exercícios de relaxamento, o que é diferente de meditação propriamente dita. E é caríssimo.

    • Esse Pedro Tornaghi de quem você fala deve ser um outro diferente desse ai de cima, que me da aulas. Sou estrangeira e fiz cursos de auto conhecimento antes de vir morar aqui há 13 anos. Estou no quarto curso consecutivo do Tornaghi e posso garantir a você que vai ser difícil você encontrar cursos com a qualidade dos que tenho feito com o Tornaghi na Europa. Ou mesmo em outros que fiz no Brazil. Desde primeiro dia, em todos os quatro curso, meditamos. Parabens pela entrevista Pedro, sempre aprendemos coisas novas com voce. Namaste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *