Vivendo a favor do universo, com Buda, Beatles, Mick Jagger e Dalai Lama: Bob Thurman fala no TED [VÍDEO]

“Você sabe, alguém sentado ao seu lado — nenhum problema nisso porque você está em um teatro, mas se você estivesse sentado num banco de parque e alguém viesse e se sentasse assim tão perto de você, você enlouqueceria. O que eles querem de mim? Como, quem é essa pessoa? E por isso você não se sentaria assim tão próximo de uma pessoa por causa do seu conceito de que é você contra o universo — isso foi tudo o que Buda descobriu. Porque aquela idéia cósmica básica de que estamos todos sozinhos, cada um de nós, e todos os outros são diferentes, então isso nos coloca em uma situação impossível, não é mesmo? Quem é que vai conseguir ter atenção suficiente do mundo? Quem é que vai conseguir ter o suficiente do mundo? Quem é que não vai ser atropelado por uma infinidade de outros seres — se você é diferente de todos os outros seres?”
~ Bob Thurman, TED Talk (“Bob Thurman diz que podemos ser Budas“)

Robert “Bob” Alexander Farrar Thurman é o primeiro monge budista americano ordenado pelo Dalai Lama (em 1965, aos 24 anos), e é também autor e professor especialista em Budismo Tibetano e grande “tradutor” de sutras e da filosofia e ensinamentos do Buda, autor de livros como “Essential Tibetan Buddhism” (1995), “Infinite Life: Seven Virtues for Living Well” (2004) e “Why the Dalai Lama Matters: His Act of Truth as the Solution for China, Tibet and the World” (2008). É professor de Estudos Indo-Tibetanos Budistas na Universidade de Columbia, em Nova York (EUA), além de co-fundador e presidente da Tibet House New York.

Assuntos desse conteúdo
,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

1 Comentário

  • E.N.D., vol I: “(…) Exerça-se nos dois caminhos da prática e do estudo. Sem estes dois, não pode haver Budismo. Não somente o senhor deve se perseverar, mas também deve ensinar aos outros. Tanto a prática como o estudo surgem da fé. Deve contar aos outros com o melhor da sua habilidade, mesmo que seja somente a respeito de uma única sentença ou frase.”

    O monge Thurman contou lindamente e com a sua melhor habilidade e nos ensinou sobre a Compaixão. E foi muito bom!
    Gostei muito da sua bem humorada palestra. Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *