A ascensão da humanidade, por Charles Eisenstein: a crise sistemática é o fim da infância humana na Terra [VÍDEO]

charleseisenstein_dharmalogO filósofo e escritor americano Charles Eisenstein (de “Sacred Economics” e “The Ascent of Humanity”, ainda sem títulos em português) tem uma visão rica, ao mesmo tempo sistêmica e “pedagógica”, sobre o que está acontecendo com o globo em suas atuais graves crises econômicas, ecológicas e sócio-políticas, e compara a fase atual da humanidade ao fim da infância do ser humano no planeta. Em paralelo, explica que o conceito de “Mãe Terra” estaria em transição e abrindo espaço para um conceito de “Terra Amada“. “Nós tivemos esse período de crescimento como espécie humana, do qual o sistema de dinheiro que conhecemos faz parte, e então crescemos e crescemos e crescemos, e tomamos e tomamos e tomamos do planeta, da mesma maneira que uma criança recebe dos pais; (…) as crises que estão convergindo em nossa época são a provação da mudança da idade que temos que atravessar para entrar no estado de idade adulta“, argumenta ele, que, embora em tom otimista, aponta que a transição está se dando não por amadurecimento natural, mas por esgotamento da fase atual.

O embasamento de Charles também traz conceitos que ele colocou no livro “Sacred Economics” e explica brevemente nesse vídeo. Na sua tese, o sistema de dinheiro e baseado em juros teria transformado tudo o que podia em serviços negociáveis de compra e venda, e que o limite dessa transformação estaria chegando ao fim. “E é por isso que a solução que diz ‘bem, vamos fazer a economia crescer mais um pouco’ não pode mais funcionar”, diz ele.

Charles está num dos vídeos do movimento Occupy Wall St, “The Revolution Is Love” (em inglês). dirigido por Ian McKenzie, que fala sobre a crise financeira e a mudança de paradigma.

“Você não pode evitar a idéia cujo tempo chegou.”
~ Movimento Occupy Wall Street

Segue o trecho (10min), traduzido e legendado em português. Para ativar as legendas, clique no box “Select Language”, logo abaixo do vídeo (caso o vídeo não apareça, recarregue esta página ou tente este link alternativo).

Para ver toda a entrevista de Charles, em inglês: aqui.

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

8 Comentários

  • Concordo plenamente….e na realidade, acredito nessa mudança de estado mental e emocional da humanidade…é um movimento interno, para alguns ainda silencioso, muito profundo…mas sem dúvida, inquietante; Aqueles que estão recebendo esse chamado interno, serão despertados por essa própria voz, em algum momento, como um insigth…uma passagem de nível sutil em alguns casos…em outros de forma abrupta e repentina, algo que acontece externamente, que obriga a uma mudança radical….esses serão os novos seres humanos da fase adulta…essa será a oportunidade de um mundo melhor e mais consciente da sua verdadeira natureza, hoje ainda adormecida. Assim eu creio.. e faço parte.

    • Saiu mutilado. É tão lindo que não merece. Repetindo:

      Namaste
      I honor the place in you
      in which the entire universe abides
      I honor the place in you
      which is of love, of truth, of
      light, and of peace.
      When you are in that place in you,
      and I am in that place in me,
      We are one…

  • Samsara,
    Também creio. Para ti:

    Namaste
    I honor the place in you
    in which the entire universe abides
    I honor the place in you
    which is of love, of thruth of
    light, and of peace.
    Where you are in that place in you,
    and I am in that place me,
    We are one…
    +++++++++++

    É chegado o tempo de abandonar a infância e crescer. Bonito como foi exposto o relacionamento futuro dos humanos e Gaia, pelo filósofo CE. A chance está à porta para o recomeço…

    “O Universo é o grande Pastor de toda ovelha, porque Deus aos homens se assemelha, e cria neles a chance, o recomeço e a renovação.” (Prece da Solução – Calunga)

    Por Erika de Souza Bueno (Coordenadora-Pedagógica)
    Na vida, tudo depende do que há dentro de você, tudo o que, de uma forma ou de outra, um dia entrou e ocupou espaço em seu interior. As nossas prioridades regem os nossos desejos e aquilo que, consequentemente, somos ou queremos ser.
    (…)
    Alguém já disse que somos a segurança do nosso não e o resultado do nosso sim, ou seja, somos o que nos permitimos ser.

    texto completo:
    http://betobertagna.com/2012/04/19/o-que-existe-dentro-de-voce/

    Boa Sorte, Norma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *