O que você queria ser quando crescer? O que seus filhos vão ser? Dois vídeos respondem (com ironia)

Quem um dia, principalmente quando criança, imaginaria que seu trabalho seria “arquivar documentos o dia inteiro“? O comercial “Quando eu Crescer” (When I Grow Up), do site de empregos Monster.com, coloca na boca de crianças desejos profissionais difíceis de acreditar que teríamos um dia, mas que acabamos realizando por diversas razões. Outro comercial, que se auto-intitula uma paródia a este primeiro, também traz reflexões sobre nossos desejos de ser alguém quando crescer, mas ao invés de funções profissionais, trata de características e posturas individuais – e também traz boas reflexões sobre o que acabamos nos tornando (embora já um pouco antigos, de alguns anos atrás).

Isso não é um endosso a nenhum dos comerciais nem às pessoas ou empresas que os criaram, e sim às reflexões que trazem. E é uma reflexão para nós mesmos, e não para julgar ninguém. Como diria aquela frase atribuída a Platão (424–347 aC), “seja gentil, pois todos estão travando uma difícil batalha“.

Além disso, uma ou outra frase pode possuir sentido questionável, como a que diz “eu quero ser a ovelha negra da família“. Isso não deveria ter necessariamente conotação negativa e acontece naturalmente em algumas dinâmicas familiares, por motivos como a simples necessidade de se diferenciar para ganhar atenção.

Segue primeiro o comercial original (30seg), da Monster.com, originalmente transmitido em 1999 (legendado em português – para ativar, clique em “Select Language”, e caso o vídeo não apareça, atualize esta página ou tente este link alternativo):

//////////

E abaixo a “paródia” (1min22seg), cujo autor não está identificado no vídeo.

link alternativo

//////////

E ainda há outros vídeos no YouTube inspirados no anúncio original, como este.

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo capital.

11 Comentários

  • Estou espantado é com estes comentários!! É possível realizar um video para passar a mensagem que nós quisermos! Não sejam tão manipuláveis. Um video pode ser apenas uma encenação!! Façam os vossos próprios inquéritos! Investiguem partindo da própria experiência. Algum cepticismo e espirito critico é fundamental. Acham que seria possível que espontaneamente as crianças emitissem aqueles juizos!!?? Por favor!!

    • Pedro, o vídeo é uma ironia (como está no título). Então, sim, é uma encenação, e m pareceu bastante óbvio. Nenhuma das crianças está sendo verdadeira, pelo contrário, está justamente mostrando como nenhum de nós gostaria de ser ou fazer aquilo quando pensou em seus sonhos quando criança…

      Estou um pouco espantando que algumas pessoas estejam vendo o vídeo como se fosse literal, como se fosse um documentário – ou não estão lendo o post ou não viram que era uma propaganda.

      Mas, enfim, espero que o esclarecimento ajude. :)

  • Triste constatar como vamos abandonando pelo caminho, o protagonista de nossas vidas, seja por que motivo for. O Bombeiro, a Bailarina e o Astronauta perdidos em um desvio, lá atrás. Deu dó!
    Quanto ao “eu quero ser a ovelha negra da família“, acho que pode partir tanto de um revolucionário a ser lembrado pelos próximos 2.000 anos ou de um rebelde sem causa querendo chocar e atrair atenção.
    Tb não encaro como (totalmente) negativa. Um talentoso mecânico, numa família onde todos são médicos a gerações, pode ser essa ‘ovelha negra’. O diferente, o estranho no ninho seria explicado pelo posicionamento de Urano, na visão de um Astrólogo. Enfim, não dá para ficar indiferente ao vídeo. Seja pela msg passada, seja pelas crianças…sacode.
    Grata.

  • Claro que são atores (as crianças maiores)e as pequenas foram “trabalhadas”. A Monster é uma grande empresa multinacional de recolocação de executivos. E o que a empresa quer passar de mensagem é que é possivel vc realizar seus sonhos e ser quem vc é trabalhando numa empresa que tem a ver com vc. É uma mensagem corporativa, geração X, uma peça publicitaria viral. TEnho certeza que Nando, sempre instigante, a pegou porque ela realmente foi muito bem feita, e ouvir essas frases da boca dessas crianças é simplesmente desconcertante. Mas claro que é uma peça publicitaria gente!!!

    • Exatamente, Mirna. Eu pensei que era óbvio. Serei mais explicativo no futuro mas também vou pedir mais cuidado às pessoas quando lêem, principalmente na pressa do dia-a-dia. Escrevi “com ironia” no próprio título do post.

      As crianças são atores e estão encenando. Foram usadas crianças justamente porque, mesmo encenando, nos fazem lembrar quem éramos e como nunca poderíamos querer para nós mesmos a maioria das coisas (ou todas) que são citadas como desejos genuínos (ironicamente).

      Obrigado, Mirna! Namastê.

  • Nando,
    Na tua apresentação ficou muito claro que se trata de uma peça publicitária (Comercial) de um site de empregos, desenvolvido com ironia. E a msg do vídeo a mim me pareceu direta: Não deixe isso acontecer com você. Lembre-se do que vc queria ser quando crescesse. Não se satisfaça com menos. Acorde e procure-nos.
    + 1 X, obrigada por tê-lo postado.

  • Hahahaha! Adorei! O da ovelha negra é ótimo! Legal, Nando, tri massa! Faz refletir, sim. Com tanta gente passando à frente de idosos e culpando os outros por seus próprios problemas, o vídeo é bem pertinente.
    A propósito, eu queria ser veterinária ou escritora. E fui ser cantora lírica. É… em um meio não muito longe do “fofocar o dia inteiro”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *