O diálogo (inventado) entre um buscador e a Vida, por Jeff Foster

O breve diálogo abaixo foi escrito pelo escritor britânico Jeff Foster (“Living Without A Centre”), originalmente em inglês, em sua página no Facebook, numa das maneiras menos convencionais que ele vem criando pra tentar transmitir a filosofia de Não-Dualismo de forma contemporânea, a mesma que vem divulgando em palestras, livros e workshops. O diálogo é entre um buscador espiritual, representando em tese aqueles entre nós que estão em busca de respostas para a vida, e a Vida, com “V” maiúsculo, que poderia ser tanto uma perspectiva iluminada quanto uma versão divina da resposta. Além de “Life Without a Centre”, Jeff também publicou “”An Extraordinary Absence” e “The Wonder of Being”, e mantém o site lifewithoutacentre.com.

Segue o diálogo*:

– ‘Onde está minha verdadeira Casa? Quando meu sofrimento vai acabar?’, o buscador nostálgico pergunta.

– ‘Você já está em casa’, responde a Vida, ‘mesmo no meio da sua dor‘.

– ‘Mas eu não consigo ver isso agora!’, responde o buscador.

– ‘Claro que você não pode’, responde a Vida. ‘Por isso desista de tentar vê-la no futuro. Simplesmente descanse nesta experiência do momento presente de ser incapaz de ver. Descubra que você está em Casa mesmo nessa sensação presente de nostalgia, mesmo nessa frustração, mesmo no seu fracasso de escapar a este momento. Para quem isso tudo esta aparecendo exatamente agora?

(Jeff Foster)

//////////

(*) Traduzido da página de Jeff no Facebook.

Foto de Afzalul karim Nirvick (Flickr)

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *