Quem está pensando por você? 3 exemplos do “Experimento de Conformidade de Asch” (VÍDEO)

Os resultados do experimento de conformidade de Asch são tão claros que chega a ser engraçado ver como nós, ou 3 em cada 4 de nós, segundo as conclusões oficiais do estudo, tende a mudar o que sabe para se conformar a um grupo. Os três vídeos abaixo mostram como o teste acontece e seus resultados: o primeiro deles é o estudo como ele foi projetado, onde os respondentes tentam adivinhar a correspondência de tamanhos de linhas desenhadas em um papel, sendo influenciados pelo grupo, e o segundo é um vídeo aplicando o teste no comportamento de pessoas em um elevador. O estudo de psicólogo americano Solomon Asch (1907-1996) é bem conhecido entre os pesquisadores do ramo da Psicologia, mas nem tão popular fora do meio acadêmico, e traz reflexões importantes pro nosso comportamento e nossas decisões sociais.

Tecnicamente, o estudo de conformidade de Asch, de 1955, testa “se um indivíduo muda de julgamento sobre uma situação sem mudar seu conhecimento ou suposições sobre a situação” (PsychWiki) – apenas mudando a circunstância da resposta. Asch testou originalmente 123 grupos de jovens e descobriu que, sozinhos, os participantes erravam menos de 1% de situações, mas numa situação de grupo, erravam seu julgamento 36,8% do tempo. As conclusões do estudo também mostraram que 25% dos participantes nunca mudavam de opinião, enquanto outros mudavam sempre.

A abaixo, o vídeo do experimento original, com traços de diferentes tamanhos escritos em uma folha de papel:

//////////

A versão do experimento no elevador:

//////////

Trecho de um programa do Discovery Channel sobre conformidade:

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

2 Comentários

    • Nando (e seguidores do Dharmalog),

      Em consoância com a seguidora do Dharmalog, Beatriz Helena Ribeiro: “Não basta evitar o contágio, é imprescindível buscar e disseminar a cura.” – em seu coment hoje (‘o que é normal’), por ter ido a pag. confirmar mais uma tonalidade de verde e deixar algo em troca e princ. porque Les Trois Inventeurs é de uma bela e sensibilidade que antes de atingir à mente afaga o coração, novo link:

      http://youtu.be/BbP4m0qXh3w

      A história e mais ou menos assim (e está em francês:

      Os três inventores

      Era uma vez um grande inventor, uma grande inventora e uma pequena inventora.

      Eles viviam todos juntos em uma casa grande que haviam construído eles mesmos e pouco a pouco a tinham ampliado e melhorado. Assim, passavam o dia inteiro: inventando, trabalhando em seus sonhos e os dos outros, que são os mesmos.

      Mas as pessoas não entendiam as suas criações. E alguma autoridade disse que os inventores perturbavam a ordem pública.

      Outra autoridade declarou que os inventores estavam trabalhando contra o povo.

      E uma outra também garantiu que os inventores por se divertirem transgrediam a “lei do Senhor (Deus)”

      Um dia, o grande inventor, a grande inventora e a prqiena inventora decidiram mostrar aos aldeões uma nova criação que permitiu mover-se sem ficar cansado.

      Porém, um homem os deteve com uma ordem de que se não parassem de criar coisas inúteis seriam levados a um hospício.

      “Devem desaparecer”!, “São criminosos”, “Devem ser mortos!”

      A ordem pública será restaurada a qualquer custo.

      Faça-se a vontade de Deus!

      As pessoas sempre decidem.

      Boa sorte, Norma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *