“A vida é muito curta para se viver na onda dos outros”, Ricky Gervais

“Eu não sei o que a felicidade é, mas definitivamente NÃO é ir na onda dos outros. Ir na onda dos outros, pelo amor de Deus? Nunca vá na onda dos outros. Pare a onda, vá contra ela, comece a onda, mas nunca sob qualquer circunstância que seja vá na onda dos outros”.
~ Ricky Gervais

Num artigo biográfico (em inglês) intitulado “A Vida é Muito Curta para Ir na Onda dos Outros” (Life Is Too Short To Go With The Flow, no HuffingtonPost), o comediante Ricky Gervais, astro do seriado The Office, faz uma retrospectiva dos seus 50 anos de idade e dos 10 anos do lançamento de sua premiado série de tv, e, como o título deixa bastante evidente, sublinha repetidamente a necessidade da autenticidade na vida. Citando o boxeador Muhammed Ali, que diz que se você chegar aos 50 pensando a mesma coisa que pensava quando tinha 20, “você perdeu 30 anos da sua vida”, e diz que evoluir é fundamental tanto para curtir a vida quanto para aprender.

Um dos pontos que Gervais associa diretamente à construção do seu próprio trajeto, da sua própria “onda”, é ser verdadeiro. “Sempre diga o que você quer dizer. Seja honesto. Ninguém deveria se ofender com a verdade. Desse jeito você nunca precisa pedir desculpas. (…)”. Ser honesto com os outros é, automaticamente, uma forma de você ser honesto com você mesmo, e parar de ir na onda dos outros”.

Apesar de alguém ter citado Lao Tsé nos comentários do artigo, falando que o “fluxo” (flow) tem sua sabedoria (e realmente tem, mas não acredito que o fluxo da vida a que Lao Tse se refere no Tao Te King seja este fluxo da opinião e decisão dos outros que Gervais critica), há uma famosa passagem do Bhagavad Gita, o venerado cânone sagrado hindu, que diz algo mais consonante com a mensagem de Gervais: “é melhor se esforçar nos obstáculos do seu próprio dharma do que ser bem-sucedido no dharma dos outros“.

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *