Tentações são nossa vontade de realizar nossa cobiça, é um processo sem fim”, diz Swami Chidanand

Líder espiritual e presidente do Parmarth Niketan, um dos maiores ashrams de Yoga da Índia, Swami Chidanand Saraswatiji é um dos yogues que possuem notável talento para comunicar as sabedorias perenes, e neste discurso sobre “as tentações da mente humana” (vídeo abaixo traduzido e legendado) não é diferente. Citando Mahatma Gandhi e usando metáforas simples como a da mosca que prende suas patas no mel, ou a clássica da agulha que está sendo procurada no lugar errado, Swami Chidanand explica que o processo do desejo pode ser infidável para nós, que estamos querendo sempre mais e mais e mais e mais. “Pedimos mais 10 anos, e mais 10 anos e mais 10 anos, mas você fica estagnado lá“, diz Swamiji, na mesma tentação e cobiça que lhe consumiu nos anos e décadas anteriores.

“As tentações são a necessidade de realizar sua cobiça, a cobiça por prazeres, a cobiça do dinheiro, a cobiça por posses, a cobiça de coisas materiais, a cobiça por poder, o desejo de ter mais e mais e mais está sempre lá, é um processo que nunca acaba. Você vai e vai e vai e perde sua paz. Não significa que não devamos ter essas tentações, não significa que não devemos ter prazer, não significa que não devemos ter posses ou fama ou posições, mas temos que compreender que não é nosso objetivo, temos que entender que isso não vai nos trazer felicidade verdadeira, isso não vai nos dar paz verdadeira”.
~ Swami Chidanand Saraswatiji

O vídeo da primeira parte do discurso de Swami Chidanand, de 10min08seg, segue abaixo (clique em Select Language). Se alguém se interessar pelas continuações (há 5 partes no YouTube) e precisar de traduções, por favor, deixe seu comentário aqui ou no Facebook para que eu possa saber. Eis o vídeo:


Caso o vídeo não apareçam, tente dar um “refresh” (atualizar) ou siga este link alternativo.

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

7 Comentários

    • Vou tentar colocar na fila e traduzi-los, Heleniza. Deve levar algum tempo pois são 4 partes de igual tamanho, mas pode ser realmente bem interessante.

  • MUITO BOM (veria tb os outros), e gostaria de tentar baixar o video (isso já consigo fazer pelo youtube), para compartilhar com outras pessoas, num local que frequento onde não tem internet.
    Será que ao baixar, essas legendas virão junto num arquivo .srt?? A legenda é fundamental, já que ao inglês, eles não tem acesso…
    Grata!!!

    • Oi Karla, se você clicar em “Select Language” aparecerá uma opção que é “Download Subtitles”, ou seja, você pode salvar as legendas e aplicar no vídeo posteriormente. Não sei exatamente como fazer a sincronização, mas sei que é possível.

      Obrigado por divulgar! Se puder trazer o feedback das pessoas para quem você vai mostrar, agradeço mais ainda.

      Um abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *