Projeto quer tornar rótulos de informações nutricionais dos alimentos “claros e memoráveis”

The Food Label” é um projeto do Curso de Jornalismo da Universidade de Berkeley, na California (EUA), da revista GOOD e do Art Center College of Design que está pedindo a colaboração de designers, nutricionistas e qualquer sério interessado para refazer graficamente os rótulos de informações nutricionais dos produtos alimentícios nos Estados Unidos. A idéia original foi da primeira-dama americana Michelle Obama, que, num discurso ano passado, disse: “Precisamos de rótulos claros, consistentes, na parte da frente das embalagens, que dêem às pessoas as informações que elas querem e num formato que elas entendam.”

A proposta do projeto é ao mesmo tempo simples e ambiciosa. “Todos nós lemos aqueles rótulos nos alimentos, mas nem sempre sabemos o que significam. 20 gramas de açúcar é demais? Quanto é uma grama de açúcar afinal? Quantas gramas de gordura cabem numa colher de chá? Eu deveria me importar mais com a quantidade de ácido fólico ou riboflavina? Com gordura saturada mais do que colesterol? Estamos confusos com o que e como comer e por isso estamos comendo demais as coisas erradas. Na verdade, estamos comendo tudo demais. Dois terços dos adultos americanos estão acima do peso ou são obesos. A taxa de obesidade entre crianças pré-escolares dobrou desde 1970. Diabetes do Tipo 2 se tornou uma epidemia. Queremos tornar a escolha saudável de comida mais fácil“.

Se você quiser participar, basta criar uma imagem em JPG de no máximo 450 pixels de largura e 1 MB de peso (as imagens em alta resolução finais serão requisitadas ao vencedor só depois do final da avaliação) e enviar neste endereço. É importante conhecer as informações mais necessárias e as linhas gerais que o projeto estipulou para a recriação dos rótulos — visite o site oficial. O prazo é até 1º de julho e o elegido será conhecido no dia 15 de julho.

A imagem do rótulo azul acima foi criada pela Grocery Manufacturers Association e pela Food Marketing Institute para uma tentativa de refazer os rótulos no início do ano, e pretendiam ser colocados na frente de embalagens de cereais, biscoitos e sorvetes em algums supermercados americanos, mas voltaram para serem re-analisados devido à pressão da indústria de alimentos.

Abaixo, um vídeo promocional da campanha “The Food Label” (em inglês):

Assuntos desse conteúdo
, , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog, terapeuta na Hridaya Terapia (São Paulo) e proprietário do Dharma Office.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *