A energia espiritual das cidades dos santos

Swami Sivananda, um dos maiores mestres de Yoga que já viveu nesse planeta e que ensinou muitos anos em seu ashram em Rishikesh (Índia), responde a um discípulo sobre a especial energia espiritual que se sente em algumas cidades em que alguns santos e sábios viveram. Eu fui a Rishikesh e a impressão que a energia de lá me deixou está comigo até hoje, muito forte, que age initerruptamente e influencia tudo que acontece. Acho que parte é pelo fato do Ganges atravessar a cidade, que visual e energeticamente impressiona muito, mas é bem mais que isso.

QUESTION #124: Swamiji! I find a few places like Nagore, Shirdi, Tiruvannamalai and Rishikesh ever full of Shanti and a kind of spiritual bliss. May it be, Swamiji, that these places which have had the impress of the saint’s personality, his Tapasya and Siddhi, on the very atmosphere, retain that sanctity for a long time?
ANSWER Swami Sivananda: Yes, yes. And not only that. The saint himself may live in those places. The liberated sage has the option to merge in Brahman or to live in a subtle form and carry on the work of Lokasangraha, guiding aspirants, awakening in people a religious fervour and so on. This motive is manifested in some Jivanmuktas in accordance with God’s supreme will. Therefore, the place in which the saint practiced Tapas and attained Siddhi, which might again be chosen by the invisible spirit of the saint as its permanent abode, becomes the abode of the saint’s divine qualities – peace, bliss and wisdom.

Assuntos desse conteúdo
, , , ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

2 Comentários

  • Olá, td bom?

    Em buscas no Google sobre Canal Brasil, vi que vc havia escrito algumas coisas.
    Estou fazendo uma monografia sobre filmes do Cinema Novo no Canal Brasil.
    E gostaria de saber se vc possui trajetória do canal e alguma outra informação.

    Grata

  • Oi Elza. Não tenho nada do canal, o que postei foram apenas comentários e nem lembro direito, pq já faz tempo. Se você contactar diretamente o canal eles devem te responder com algum material.

    Boa sorte na monografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *