O sonho de um país de (e para) todos

O tema é “Os melhores anos da minha vida“, e o evento é o concurso de Redação da VII Semana da Alfabetização. Onde os vencedores, bem, como diria o ditado, it’s a win-win situation. Ajudo há anos, mas isso realmente não tem preço. Lê só:

“O melho momento da minha Vida foi quando comecei a faze meu nome capeto minha vida passou a ter sitido pasei conecer meus direitos cono cidadão Outra emocão muito grande foi no dia que comecei a ler incuis quando xego no ponto de onibos e lei u onibos que vor pegar não pecizo pergutar para onde vai o onibus tambem não precico pergutar as pesoas onde estar o peços das coisa no mercado jar cei o peco e nome das coisa. Oje agadeco muito a voceis que mi ajudou a ter opopotunidde di ler e escreve precizo apender mais mais ja estou feliz e com o poco que cei.”
~ Domingos da Conceição, Conde, BA

“OS MELHORES ANOS FOI NO TEMPO EM QUE FUI ADOLESCENTE, FOI UM MOMENTO EM QUE FUI MUITO FELIZ FORAM ANOS EM QUE PUDE BRINCAR E SE DIVERTIR COM MEUS AMIGOS, MAS COM O PASSAR DO TEMPO TUDO MUDA OS MOMENTOS BONS SE FORAM E HOJE SINTO MUITO SAUDADE. HOJE JÁ ESTOU COM UMA IDADE MAIS AVANÇADA, MAS SEMPRE BUSCANDO SER FELIZ, E EXISTE UMA COISA QUE ME FAZ MUITO FELIZ, QUE É ESTUDAR, ESTOU VOLTANDO A ESTUDAR, E COM UM SONHO DE SER UM GRANDE PROFISSIONAL, PORQUE O ESTUDO CADA VEZ VAI ME FORTALECER, TRAZENDO O CONHECIMENTO.”
~ Raimundo Nonato de S. Leite, Exu, PE

“Recomeçar – Melhores são agora de pois que eu comecei a lê e a escrever, tudo mudou o que passou recordo com menas dor tenho um filho e comego a redescobrir a vida vivo com muita liberdade Com meu avô, mãe e vejo a luta deles tenho dois irmãos pequenos ainda ficava triste com minha irmã lendo e não conseguia aprender sozinha mas Conseguil Tenho noves horizontes sonhos que quero realizar o que passou passou escrevo pra nim uma nova história Vou a escola pra trilhar novos caminhos sou pobre e mãe solteira mas acretito em dias melho res em construir um rumo novo E ricomeçar a viver melhor a procurar a ser feliz e ter uma vida que vale a penar.”
~ Maria Renata da Conceição, Elesbão Veloso, PI

Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

8 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *