Remissão, 10 anos sem Mário Quintana

“Naquele dia fazia um azul tão límpido, meu Deus, que eu
me sentia perdoado para sempre não sei de quê.”
~ Mário Quintana, “Remissão”
(o melhor menor poema do mundo, homenagem aos 10 anos sem Quintana)

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

5 Comentários

Comentários encerrados.