“Your genes are not your destiny”

Uma matéria do Technology Review pergunta: “Você fez seu teste genético. E agora?” (You’ve Had a Genetic Test. Now What?). Diz que tanto pacientes quanto médicos não sabem ao certo o que fazer com os resultados de um teste de DNA quando fazem um.

Acabei lendo uma sugestão interessante numa matéria subsequente, da revista Newsweek. De autoria do médico-pesquisador Dear Ornish e intitulada “Mudar seu estilo de vida pode mudar seus genes” (Changing Your Lifestyle Can Change Your Genes), começa assim: “Here’s some very good news: your genes are not your destiny“. A matéria é embasada numa pesquisa a respeito da remissão e cura do câncer de próstata baseado em hábitos alimentares e gerais de vida, e que resultou em alteração da expressão do código genético. Ainda que não seja uma mudança do código em si, e sim da sua expressão, também não é apenas uma “melhora da saúde” nem uma “ajuda no tratamento do câncer”, é a cura baseada em alteração dos genes. O tratamento: mudança no estilo de vida.

E o contrário também deve ser verdadeiro. Mesmo que seu código genético não acuse nenhuma problema ou tendência que inspire mais cuidados, levar um estilo de vida estressante ou insalubre pode causar alguma alteração na expressão negativa dos genes.

Este post foi escrito por

Sobre o autor Psicoterapeuta Gestalt e jornalista, Nando Pereira é autor do livro "Para Abraçar a Prática" (240pp, 2019) e coordenador da Mentoria de Meditação, "30 dias para transformar sua prática".

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *