Entendimento: a essência do amor, por Thich Nhat Hanh e Buda

“Treinamento é preciso para amar propriamente; e para ser capaz de dar felicidade e alegria, você deve praticar o olhar profundamente em direção à outra pessoa que você ama. Porque se você não compreende essa pessoa, você não pode amar apropriadamente. Compreensão é a essência do amor. Se você não pode entender, não pode amar. Esta é a mensagem do Buda.”
~ Thich Nhat Hanh, em True Love. A Practice for Awakening the Heart.

Interessante que o entendimento, esse olhar profundo (“deep look”) sobre o outro que o Buda fala, é quase um sinônimo de consciência do outro, de abertura para o outro. O Osho diz num de seus discursos que o amor é uma consequência da consciência, como se fosse um subproduto. Faça um e você automaticamente fará o outro. Parecido com esse conceito de treinamento do Thich Nhat Hanh.

Este post foi escrito por

Sobre o autor Psicoterapeuta Gestalt e jornalista, Nando Pereira é autor do livro "Para Abraçar a Prática" (240pp, 2019) e coordenador da Mentoria de Meditação, "30 dias para transformar sua prática".

2 Comments

Deixe uma resposta para Patricia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *