Mantendo a atenção na presença, “ao que já está aqui”, nas instruções de Mooji

“A quietude não aparece de lado nenhum. É a atividade que desaparece, e a quietude não tem outro lugar pra ir”.
MOOJI, em “Mantendo a Atenção na Presença”

Uma amiga terapeuta escreveu esses dias dizendo que somos “vapor intangível“. O mestre de Advaita Vedanta Mooji diz que somos um “vazio sólido“, impossível de ser danificado. Nesse vídeo (abaixo), recorte de um retiro realizado em 2010, Mooji discorre sobre como manter a atenção na presença, “ao que já está aqui” — sem esforço, sem ter que fazer nada em particular, apenas deixando as coisas fluirem, sem o imaginário escritório de atividades do ego. Uma instrução simples e de larga amplitude de esclarecimento, que podemos receber como uma sugestão de contemplação aqui e agora.

Com agradecimentos a Margarida Maria Antunes, que traduziu para o português, legendou e publicou o vídeo no YouTube. O original, em inglês, está neste link.

//////////

Assuntos desse conteúdo
, , , ,
Escrito por

Psicoterapeuta, jornalista, autor de "Para Abraçar a Prática".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *