Ação para Felicidade: “nosso movimento não é sobre felicidade pessoal, e sim sobre a felicidade dos outros”

“Para progredirmos em direção a uma sociedade mais altruísta, é essencial que pessoas altruístas se associem entre si e juntem forças”.
Matthieu Ricard

Após os ataques terroristas de Paris, mais um entre tantos ataques e guerras e crimes contra a vida que vem acontecendo no mundo, muitos devem ter lido a declaração do XIV Dalai Lama, Tenzin Gyatso, sobre o que fazer nessas horas: “Vamos trabalhar pela paz em vez de esperar pela ajuda de Deus, de Buda ou de governos”, disse numa entrevista (notícia). Para realizar esse trabalho, entre outras ações o Dalai Lama é patrono de um importante movimento lançado há 5 anos, que já tem 60 mil membros, e que há apenas um mês chegou ao Brasil, o Ação Pela Felicidade (Action For Happiness), fundado pelo professor inglês Richard Layard em 2010. O braço brasileiro completou 1 mês no dia 12 de novembro com comunidades locais em São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis — veja nas informações dos grupos locais como participar.

A participação é livre e gratuita, não tem pré-requisitos, a não ser naturalmente compartilhar o objetivo do grupo, que, dentro da sua visão mais essencial, quer “encorajar as pessoas a se distanciarem de um comportamento ego-obsessivo, materialista e insatisfatório, em direção a um modo de vida mais colaborativo e amoroso, em que seja valorizada a generosidade, confiança e relacionamentos positivos“. Em outras palavras, a colocar a felicidade das pessoas num patamar mais importante que a felicidade pessoal, talvez de modo que a própria felicidade pessoal derive da felicidade de todos.

O processo de união a um dos grupos locais é bem objetivo e quando alguém entra passa por um itinerário comum, que inclui um pequeno curso e reuniões práticas. Veja uma parte do que diz o fundador Richard Layard, explicando o esse itinerário:

“Normalmente um grupo começa com um curso chamado “Explorar o que importa”. Isso envolve oito sessões, usando uma rica agenda de materiais e vídeos online. Cada sessão começa com as evidências sobre o que faz as pessoas felizes — abordando um aspecto de cada vez, incluindo relações pessoais, trabalho, comunidade, atenção plena e acima de tudo um compromisso passional com o bem-estar alheio. Cada vez, todos os membros decidem como, nas próximas semanas, eles vão aplicar essa evidência em ação em seu cotidiano — trazendo depois suas experiências nas sessões seguintes.”
Richard Layard

Um dos líderes brasileiros do movimento é o monge budista Emersom Karma Konchog, que mantém o site Darma Info, em darma.info, e que nos convidou a conhecer a evolução do corpo brasileiro do movimento. O site oficial do Ação Para Felicidade pode ser acessado em afelicidade.org, onde é possível encontrar os grupos locais, ou no Facebook, em facebook.com/apfelicidade. Se você tiver interesse, basta assumir o compromisso básico do movimento — “Tentarei criar mais felicidade e menos infelicidade no mundo ao redor.” — e procurar um dos grupos locais, ou mesmo fundar um, caso não existe ainda na sua cidade.

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *