Remédios extremos, curas naturais e a mídia: duas perguntas para o diretor Steve Kroschel

O diretor do documentário “The Gerson Therapy“, Steve Kroschel, que foi assunto do post anterior (Morrendo Por Não Saber: documentário resgata Terapia de Gerson e seus efeitos na cura do câncer, 25/06/2013), deu uma entrevista ao site NYC Movie Guru por ocasião do lançamento do filme “The Beautiful Truth“, em 2008, e foi perguntado sobre sobre os métodos da Terapia de Gerson e se haveria algum encobrimento proposital da grande mídia sobre a real capacidade de cura da terapia. As duas respostas de Kroschel estão traduzidas e publicadas abaixo, e apesar de não terem nada de muito novo, repetem uma nota que vem se fazendo ouvir há algum tempo, e na entrevista completa ele desenvolve as denúncias que mostra abaixo, além de dar mais detalhes. Como, por exemplo, citar que nos Estados Unidos uma das agências mais confiáveis para se obter informação fidedigna sobre o assunto é a The Natural Resource and Defense Council, seguidas por Sierra Club, The World Wildlife Foundation, The National Health Federation e National Health Freedom. Precisamos de nomes como estes no Brasil (e você sabe algum, escreva pra gente).

Para ver a entrevista completa, em inglês, visite esta página no site do nycmovieguru.com.

Seguem as duas perguntas:

NYC MOVIE GURU: Como você responde à reação pública comum que diz que “tudo deveria ser em moderação”?

STEVE KROSCHEL: O modo como nossos corpos foram formados são para comermos de uma certa maneira. Nós violamos isso de novo e de novo. O que há de tão extremo em comer uma batata cozida ou beber um copo de suco vegetal quando você compara isso com o tratamento ortodoxo convencional de câncer de seio que corta o seio da mulher fora para curá-la do câncer? Qual deles é o extremo? Dr Max Gerson era inteiramente pela batata cozida e o suco vegetal; a medicina convencional e a Big Pharma são pelos remédios que são completamente não naturais (e), como descobrimos, por exemplo Vioxx, às vezes matam 50 mil pessoas, ou tiram órgãos das pessoas sem necessariamente curá-las.

NYC MOVIE GURU: Porque a grande mídia não ajuda a denunciar tais encobrimentos? 

KS: Veja o noticiário da noite, por exemplo. É angariado por corporações que promovem os remédios. Não tenho televisão aqui na minha cabana no Alaska, mas a última vez que vi tevê no aeroporto de Juneau, as propagandas eram todas de remédios. A maioria dos remédios apresentados nesses comerciais estava promovendo a resposta para algo, seja uma dor-de-cabeça ou insônia, com uma droga. A Terapia do Dr Max Gerson sozinha curaria isto e você não precisaria comprar nada. O único jeito da grande mídia considerar isso atrativo é se as pessoas votassem. (A Democracia) iria acontecer ao assistir esse filme e eximiná-lo por si mesmo. Você tem apenas que cavar entre essa mídia de todo-dia e encontrar a real verdade, a bela verdade. A ciência está aqui. É inegável e pode ser examinada ao pé da letra. É a realidade que nunca foi realmente investigada.

//////////

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

7 Comentários

  • Breve História da Medicina

    500 D.C. – Venha até aqui e coma esta raiz.

    1000 D.C. – Esta raiz é coisa de ateu. Fsçs esta oração ao Deus que está no céu.

    1792 D.C. – Deus não está no céu. Quem reina é a razão. Venha até aqui e beba esta poção.

    1917 D.C. – Esta poção é para enganar o oprimido. Sugiro que você tome este comprimido.

    1960 D.C. – Este comprimido é antigo e exótico. Chegou o momento de tomar antibiótico.

    1999 D.C. – Antibiótico te deixa fraco e infeliz. Eis um novo tratamento: Coma essa raiz.

    (autoria:?)

    Boa sorte, Norma

Deixe uma resposta para karla Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *