O sistema escolar mais surpreendente do mundo [2]: “Ela pensa que eu sou real!” (VIDEO)

História contada no livro “Stories of the Spirit“, de Jack Kornfield e Christina Feldman (há menções em outros livros) sobre a educação que os pais dão às crianças numa situação corriqueira, enquanto uma família pede comida num restaurante. Abaixo da história há um dos vídeos que fazem parte do documentário “O Fenômeno Finlândia: Por Dentro do Sistema Escolar Mais Supreendente do Mundo“, de Roberto A. Compton, mencionado aqui hoje no post anterior. O vídeo mostra o diretor de uma escola dialogando com alunos da oitava e nona séries, perguntado-lhes o que gostariam de ser quando crescer, sem já tem uma idéia, sem tem algum sonho, e também se gostariam de ter mais, menos ou a mesma coisa que tem hoje.

//////////

História: “Ela pensa que eu sou real!””

Uma família senta-se pra jantar em um restaurante. A garçonete anota primeiro os pedidos dos adultos, então se vira para a criança de sete anos. “O que você vai querer””, pergunta ela.
O garoto olha em volta timidamente e diz, “Eu gostaria de um cachorro-quente”.
Antes que a garçonete pudesse escrever o pedido, a mãe interrompe. “Nada de cachorro-quente”, diz, “Traga um bife com purê de batatas e cenouras”.
A garçonete ignora a mãe. “Você quer ketchup ou mostarda no seu cachorro-quente”, pergunta ela ao garoto.
“Ketchup.”
“Saindo em um minuto”, diz a garçonete indo pra cozinha.
Fez-se um silêncio surpreendente depois que ela saiu. Finalmente o garoto diz, “Viu? Ela acha que eu sou real!”

//////////

Vídeo: “Finland Students – 8th and 9th Grade” (3min01seg)

Para ativar as legendas em português, clique em “Select Language” na caixa logo abaixo do vídeo. Caso o vídeo não apareça, atualize essa página (refresh) ou tente este link alternativo.

Assuntos desse conteúdo
, ,
Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo capital.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *