Se a sua idéia fosse um filhote de búfalo…

… você lutaria por ela?

Veja o caso em questão abaixo (vídeo, 04:15) (atenção: não assista se você não gosta de imagens de predadores animais em ação).

Note que dois dos seres humanos comentando dizem que “it’s too late“. Você desistiria com base no julgamento deles, que testemunham a cena? Assiste e responda. Os búfalos já responderam.

Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

3 Comentários

  • Bom dia pra todo mundo! Me permitam um pequeno off topic para deixar um recado importante para todos nós!

    Vocês estão sabendo da nova idéia idiota dos nossos deputados? Chama-se cota de canais para TV por assinatura!

    Deputados como Erundina e Jorge Bittar querem acabar com o direito dos assinantes de TV paga de assistirem aos seus canais favoritos. Eles querem obrigar as operadoras a reservar uma cota de 50% das suas grades para canais nacionais. Com isso, podemos ser impedidos de assistir canais consagrados como TNT, Sony, Warner, Cartoon, National Geographic, Disney, MGM, Universal e FOX, entre outros, além de que essa lei irá gerar aumento das mensalidades!!

    Ou seja: você paga justamente para ter o direito de ver a programação que quiser, mas agora os nossos deputados querem acabar com essa liberdade!!

    Não é porque somos brasileiros que temos que gostar de pagode! E não é porque sou brasileira que tenho que ser OBRIGADA a assistir canais nacionais!! Estamos no mesmo caminho da Venezuela, com Hugo Chavez fechando canais democráticos??

    Por favor, liguem para 0800 619619 (gratuito) e registrem protesto contra o projeto de lei 29/2007!!

    O pior é que quase ninguém está sabendo desse absurdo e a lei será votada ainda esta semana!

    Saibam mais em:

    http://www.abta.com.br/

    Quanto a qualidade da programação, acho que só tende a cair, uma coisa é um canal, como o HBO, investir em produções nacionais por conta própria, fazem algo com capricho e esmero. Mas se um canal for obrigado a exibir algo, pode ser qualquer “lixo” e colocar em qualquer horário apenas para obedecer a lei.

    Acredito que isso é contra também ao nosso direito de liberdade de escolha, quem quer assistir programação nacional, existem canais exclusivos para isso como o Futura, Canal Brasil, todos os canais abertos, etc. Porque obrigar a quem não quer a assistir;

    O melhor modo de aumentar a produção nacional é com incentivo e não com obrigatoriedade, o mesmo para melhorar a audiencia de produções nacionais, elas precisam atrair o publico pela qualidade, e não pela falta de opção.

    Se aceitarmos essa arbitrariedade, dentro em breve teremos propostas para misturar cachaça no uisque escoces, óleo de soja no azeite espanhol, uma faixa de pagode em todo o CD internacional lançado no Brasil, no minimo um ator brasileiro em todo filme internacional que estreiar no Brasil. É assim que queremos valorizar o produto nacional, acho que temos qualidade e capacidade suficiente em nossos produtos para que eles possam conquistar ao invés de serem impostos

    A única coisa que peço é: POR FAVOR, RESPEITEM O MEU DIREITO DE ESCOLHA!! Já bastam os horários eleitorais obrigatórios na TV e a famigerada “Hora do Brasil” nas nossas rádios!!

    Obrigada pelo espaço e parabéns pelo blog!

  • Hana, acho que nem existe canal nacional suficiente para completar essa cota de 50%. Mesmo se existir, será de uma baixa qualidade tal que a Net perderia todos os assinantes, ou a própria tv a cabo deixaria de fazer sentido.

    O que seria um canal nacional? Telecine? Que passa 99,99% de filmes estrangeiros?

    Será que esses deputados sabem que Cartoon e Telecine são líderes de audiência da tv a cabo?

    Ou será que eles querem que a Lei de Incentivo Cultural resolva a criação desses canais nacionais?

    Muito difícil essa lei passar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *