ONU e o relatório mais importante de aquecimento global já feito

Segundo o The Independent, “esse é o documento que importa” entre todos os já publicados sobre o Aquecimento Global. Tecnicamente é chamado de “Policymakers’ Summary of the Synthesis Report of the United Nations Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) Fourth Assessment”. Além de ser a síntese, é o documento que foi “altamente analisado, revisado e assinado por vários milhares de cientistas, e totalmente endossado pelos governos dos maiores países do mundo”. Seu emissor é Prêmio Nobel da Paz deste ano, o IPCC, e este documento foi publicado em Bali, resultado de mais de 3000 páginas que já eram a síntese de toda a pesquisa feita anteriormente, e também das três conferências anteriores – Paris, Bruxelas e Bangkok.

A versão curta é: segundo as conclusões científicas, a Terra pode ser aquecida a uma média de até 6ºC durante o próximo século, e isso seria catastrófico”. Sem China e Estados Unidos a bordo, a solução definitiva não existe. E o Protocolo de Kyoto, cuja versão vigente termina em 2012, precisa ser renovado e recriado.

A versão longa é: aqui, para download.”>em PDF, com 23 páginas. Alguns dos dados mais importantes seguem abaixo:

* 11 of the past 12 years (1995-2006) rank among the 12 warmest years in instrumental records of global surface temperatures (since 1850)

+ Global average sea level has risen since 1961 at an average rate of 1.8mm per year – but since 1993 at an average rate of 3.1mm

+ Temperature changes will depend on how much CO2 is emitted, but different scenarios see the increase by 2100 ranging from 0.3C to 6.4C

+ Up to 30 per cent of the world’s species are at increased risk of extinction after a 2C temperature rise

+ Between 75 million and 250 million people in Africa could suffer water shortages by 2020; in Asia, heavily-populated “mega-deltas” are at greatly increased risk of flooding; tropical forest in eastern Amazonia will turn to savannah by mid-century

Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *