“Quem é o senhor?” (um policial a Schopenhauer)

(do blog do Paulo Coelho)

O filósofo alemão Shopenhauer (1788-1860) caminhava por uma rua de Dresden, procurando respostas para questões que o angustiavam. De repente, viu um jardim e resolveu ficar horas seguidas olhando as flores.

Um dos vizinhos notou o comportamento estranho daquele homem, e chamou a Guarda Civil. Minutos depois, um policial se aproximava de Shopenhauer.

“Quem é o senhor?”, perguntou o policial, com voz dura.

Shopenhauer olhou de alto a baixo o homem a sua frente.

“Se o senhor souber responder esta pergunta”, disse o filósofo, “eu lhe serei eternamente grato”.

Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *