Sopram os ventos do (Wal-Mart) orgânico

Manchete da Folha de sábado: Wal-Mart vende orgânicos e muda setor. Wal-Mart, também conhecido como a maior cadeia de varejo do mundo. Não me importa se é uma estratégia de mercado, me importa que (já) é mercado. O passo mais decisivo está sendo concretizado. Agora a solução precisa avançar mais, para a escalabilidade do orgânico (afinal, como ter ovo de galinha caipira para 200 milhões de pessoas? alface orgânico? arroz? café orgânico?). Seria a maior logística de agricultura familiar do capitalismo moderno? Ou todas as plantações serão orgânicas?

Escrito por

Jornalista autor do Dharmalog e terapeuta na Hridaya Terapia, em São Paulo.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *